• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Ato queima bonecos de Bolsonaro e deputados que votaram pelo fim da previdência

Publicado: 13 Agosto, 2019 - 14h54 | Última modificação: 13 Agosto, 2019 - 14h56

Escrito por: Iracema Corso

notice

Bolsonaro, os deputados federais Gustinho Ribeiro, Fábio Reis, Bosco Costa, Fábio Mitidiere e Laércio Oliveira foram queimados na porta do Palácio do Governo, em Aracaju, representados por bonecos de pano. Eles são os responsáveis pela Reforma da Previdência que trará o fim da aposentadoria do povo brasileiro.

O presidente da CUT/SE, Rubens Marques, afirmou que o ato é na porta do Palácio do Governo para que o governador Belivaldo se alerte, pois os trabalhadores não estão dormindo e percebem que ele está implementando em Sergipe a mesma política de Bolsonaro.

“O governo Bolsonaro, de forma criminosa, tirou R$ 1 bilhão da educação para dar aos deputados em emenda parlamentar para votar na destruição da previdência. A gente está vendo o desmonte do ensino superior com os cortes nas Universidades de Ensino Federal, não vamos assistir parados à destruição do nosso País. Vamos para as ruas. Não esqueceremos o nome desses políticos que estão acabando com a aposentadoria e que querem destruir a educação pública”, discursou o professor Roberto silva, diretor de Formação da CUT/SE e vice-presidente do SINTESE.

Na manhã desta terça-feira, dia 13 de agosto, o protesto iniciou em Aracaju o dia de luta nacional em defesa da Educação e da Aposentadoria do povo brasileiro. À tarde, na Pça General Valadão, a Agenda de Luta continua com o Tsunami da Educação.