• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Em Sergipe, luta contra a Reforma da Previdência se espalha pelo interior

Confira a agenda aprovada em reunião e participe das atividades para fortalecer a luta contra a Reforma da Previdência do Governo Bolsonaro

Publicado: 04 Julho, 2019 - 10h45 | Última modificação: 04 Julho, 2019 - 10h53

Escrito por: Assessoria

notice

Mobilização contra a Reforma da Previdência ganha novo calendário de lutas construído por Centrais Sindicais, Frente Brasil Popular e Frente Povo Sem Medo e pelos movimentos sociais do campo, da cidade e das juventudes. "É fundamental pressionar os parlamentares federais. Nossos representantes não podem votar contra nosso direito à aposentadoria", afirmou o presidente da CUT/SE, Rubens Marques.

Lideranças sindicais, mandatos, partidos e movimentos presentes na reunião que ocorreu na sede da CUT/SE, na manhã da última terça-feira, dia 2 de julho, também decidiram coletar assinaturas para o abaixo assinado contra a reforma da previdência. O abaixo assinado será entregue no Congresso Nacional em Brasília no mês de agosto. Sindicatos e movimentos que apoiam a luta por Lula Livre também farão coleta de assinatura pela anulação do julgamento ilegal e sem provas contra o ex-presidente Lula.

Desde a Greve Geral já ocorreram duas reuniões de balanço e, nesta última, o conjunto das pessoas e organizações presentes avaliou que as paralisações e atos do dia 14 de Junho foram mais um passo importante na conscientização e organização dos trabalhadores. Apesar da forte repressão da polícia militar contra parte dos militantes. Relatório detalhado das agressões será produzido para denunciar agressores. A avaliação é que os governos de Belivaldo e Edvaldo não agiram para coibir as agressões contra os manifestantes.

Confira a agenda aprovada em reunião e participe das atividades para fortalecer a luta contra a Reforma da Previdência do Governo Bolsonaro:

No Dia 4/julho
* Coleta de assinaturas Lula Livre no Centro de Aracaju, a partir das 16h no ao lado da Caixa Econômica e na Praça General Valadão.

* Atividade na UFS sobre a Marcha das Margaridas, a partir das 14h, no Auditório da Adufs.

* Em Estância, à noite, o Cine Debate apresentará o filme "Democracia em Vertigem", na Escola Walter Franco, a partir das 19h.

No dia 5/julho tem debate sobre a conjuntura política e os desafios da classe trabalhadora frente aos ataques do governo Bolsonaro. A palestra é com o professor Valter Pomar, UFABC, na sede da CUT/SE, a partir das 18h.

No dia 9/julho
*Panfletagem contra a reforma da previdência na feira de Lagarto e após debate sobre previdência no campus universitário com servidores. Atividade aberta à comunidade acadêmica e toda a cidade.

*O SINTESE realiza em 8 municípios diferentes assembleias regionais para debater a política da Central e tira delegados ao Congresso da CUT. Na oportunidade, haverá distribuição de formulários e coleta de assinaturas para o abaixo assinado contra a reforma da previdência e por Lula Livre.

No dia 12/julho o ato político-cultural será no Centro de Aracaju contra a Reforma da Previdência, a partir das 14h.