• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

FETSUAS convoca ato em defesa da vacinação dos trabalhadores do SUAS dia 02 de junho

Publicado: 31 Maio, 2021 - 14h07 | Última modificação: 31 Maio, 2021 - 14h12

Escrito por: FETSUAS

notice

O Fórum dos Trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social de Sergipe (FETSUAS/SE), convida à todos/as/es para participarem do Ato Público " Em Defesa da Vacinação dos Trabalhadores do SUAS", no dia 02 de junho, às 7h, em frente ao Palácio do Governo, localizado na Avenida Adélia Franco - Aracaju.

Em Sergipe são 5.208 trabalhadores/as do SUAS, dos quais 5.174 são vinculados aos municipais. A defesa de vacina para todos/as trabalhadores/as do SUAS está alicerçada nos elementos legais que instituem a essencialidade dos serviços da Assistência Social no enfretamento à pandemia, como preconizam o Decreto nº10.282 de 20 de março de 2020 e a Lei nº 14.023, de 8 de julho de 2020 que considera profissionais essenciais os psicólogos; assistentes sociais; profissionais de nível médio e fundamental: educadores sociais; cuidadores; monitores; administrativos; cadastradores do Cadúnico e auxiliares de serviços gerais que atuam nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS); nos Centros de Referência Especializados de Assistência Social (CREAS); nos Centros POP; nos Centros DIA e nas Casas de Acolhimento para grupos vulneráveis.

Além do Governo do Estado de Sergipe diversos municípios sergipanos instituíram decretos que reafirmam a essencialidade da atuação dos Trabalhadores/as do SUAS na linha de frente do enfrentamento à pandemia. Nesse sentido, o FETSUAS/SE reivindica que a Secretaria de Estado da Saúde inclua imediatamente todos e todas trabalhadores e trabalhadoras do SUAS no Plano de Imunização Estadual e elabore documento orientando os gestores municipais da saúde a fazerem a inclusão nos Planos de  Imunização Municipais.

O FETSUAS/SE que é coordenado pelas entidades sindicais ( CUT, SINDASSE, SINTS, SINPSI e FETAM) e os conselhos de classe (CRP e CRESS), também lançou nota em defesa da vacinação para todos/as e cobrando dos gestores estaduais e municipais da Assistência Social e da Saúde dos/as e a inclusão imediata dos/as trabalhaores/as do SUAS nos Planos de Imunização Estadual e Municipais.