• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Prefeito de Canindé quer parcelar o 13º salário

Trabalhadores das secretarias de Saúde, Esporte, Cultura e Turismo, Obras e Agricultura ainda não receberam o salário de dezembro

Publicado: 03 Janeiro, 2019 - 03h44 | Última modificação: 03 Janeiro, 2019 - 03h48

Escrito por: Iracema Corso

notice

Na manhã desta quarta-feira (2/1), dirigentes do Sindicato dos Servidores Públicos de Canindé do São Francisco (SINDISERVE CANINDÉ) foram à Prefeitura para cobrar o salário de dezembro dos Servidores Públicos Municipais, lotados nas secretarias de Saúde, Esporte, Cultura e Turismo, Obras e Agricultura.

A Diretoria do Sindiserve-Canindé esteve no gabinete do prefeito, mas o mesmo estava fechado. Os dirigentes foram informados de que o recesso da gestão segue até o dia 7 de janeiro.

Filiado à Central Única dos Trabalhadores (CUT/SE), o SINDISERVE CANINDÉ denunciou o descaso da Prefeitura nas redes sociais e obteve a resposta da gestão de que amanhã irão se pronunciar, pois têm a expectativa de receber o ICMS e o repasse talvez seja suficiente para pagar o salário de dezembro dos trabalhadores.

Sobre o 13º salário, de acordo com o presidente do SINDISERVE CANINDÉ, Emanoel Aleixo, a Prefeitura tinha até o dia 20 de dezembro para efetuar o pagamento, o que não aconteceu. Em seguida, a gestão encaminhou um ofício informando que vai tentar negociar com os trabalhadores sobre a possibilidade de dividir o 13º.

carregando
carregando