• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Sindicatos da saúde e Prefeitura discutem avaliação interna

Publicado: 12 Abril, 2019 - 08h46 | Última modificação: 15 Abril, 2019 - 10h59

Escrito por: Iracema Corso

notice

Nesta semana, trabalhadores da saúde da Prefeitura Municipal de Aracaju se reuniram com a administração para discutir mudanças no processo de avaliação do PMAQ (Programa de Melhoria de Acesso e da Qualidade da Atenção Básica do SUS).

Entre os sindicatos que participaram da reunião, o SINDASSE (Assistência Social) e o SINDINUTRISE (Nutricionistas), filiados à Central Única dos Trabalhadores (CUT/SE), avaliaram o diálogo de forma positiva.

Coordenadora do SINDASSE, Rosely Anacleto comemorou a efetividade da mesa de negociação entre servidores e prefeitura. “Entendo que a mesa de negociação, enfim, deixou de ser um espaço terapêutico de catarse das dores dos trabalhadores e silêncio da gestão e passou para um momento propositivo. A propositura diz respeito à criação de um novo paradigma avaliativo, de âmbito exclusivamente municipal, além do nacional (que sempre existiu), para acesso dos trabalhadores aos recursos que lhes são devidos quando alcançam algumas metas do Programa de Melhoria de Acesso e da Qualidade da Atenção Básica do SUS. Os sindicatos, por unanimidade, discordaram da propositura e se comprometeram em apresentar uma contraproposta que será submetida ao crivo bilateral da mesa do SUS”, explicou a assistente social.

Numa nova reunião que ainda não foi agendada, os sindicatos vão elaborar coletivamente uma contraproposta para apresentar à Prefeitura de Aracaju.

carregando
carregando