• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Trabalhadores da Sergás rejeitam proposta da empresa em assembleia geral

Publicado: 28 Abril, 2021 - 17h04 | Última modificação: 28 Abril, 2021 - 17h15

Escrito por: Iracema Corso

notice

Hoje, 28 de Abril, Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho e Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho, às 8h30 da manhã, em assembleia geral, 100% dos trabalhadores e trabalhadoras da Sergipe Gás S.A. (SERGAS) presentes rejeitaram a proposta para o ACT (Acordo Coletivo de Trabalho) da empresa.

Segundo o Secretário Geral do sindicato dos Eletricitários de Sergipe (Sinergia/SE) e dirigente da Central Única dos Trabalhadores (CUT/Sergipe), Gilton dos Santos, a data-base da categoria é janeiro, portanto, a reposição salarial está atrasada.

“É a primeira vez que a empresa apresenta uma proposta insignificante, abaixo do índice inflacionário, diante do aumento dos preços da gasolina, gás de cozinha, itens alimentícios. Tudo está mais caro e por isso a categoria dos eletricitários, os trabalhadores da Sergás não aceitaram a proposta da empresa”, destacou Gilton, o dirigente sindical.